FABERNOVEL | The We Company: is real estate a disruptable industry?
85040
post-template-default,single,single-post,postid-85040,single-format-standard,ajax_updown_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-17.2,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.6,vc_responsive

The We Company: is real estate a disruptable industry?

15 de Out de 2019

Neste estudo GAFAnomics® a que demos o nome “The We Company: is real estate a disruptable industry?” e onde explicamos como:

  • A WeWork abanou o mercado do coworking, definindo novos padrões em termos de design e de experiência;
  • Como criou uma marca forte junto de todos os seus membros;
  • Como surfou a onda das empresas tecnológicas para conseguir captar 14 mil milhões de dólares, maioritariamente do fundo de investimento Vision Fund da Softbank;
  • Quais as dificuldades de escalar o negócio e os riscos que assumiu;
  • E como o adiamento da anunciada entrada em bolsa, foi, talvez, a melhor coisa que aconteceu à WeWork para poder re-estruturar o negócio e criar um modelo de negócio mais sustentável e escalável.

DEBATE SOBRE OS DESAFIOS DO COWORKING

Pode ouvir o debate que foi realizado após a apresentação pública do nosso estudo sobre a WeWork, que decorreu no dia 15 de Outubro de 2019, no ISEG. Neste Innovation Talk, abordamos os principais desafios de gerir uma empresa de cowork, num debate com Gustavo Brito, do LACS, Miguel Fontes, da Startup Lisboa, José Pedro Pinto, do Sítio, e Hugo Filipe Molha da My Auchan.

Subscreva o nosso podcast em:
Apple Podcasts | Spotify | Google Podcasts | TuneIn

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.

%d bloggers like this: